Série ‘Retornados’ investiga histórias de escravos brasileiros que regressaram ao seu país de origem

 

MURILO SALLES COMENTA CENA DOS SEIOS DE “COMO NASCEM OS ANJOS”, EM EPISÓDIO INÉDITO DE “GRANDES CENAS”

Dirigida por Maria Pereira e Simplício Neto, a série “Retornados” estreia no Curta! na Sexta da Sociedade,dia 28, às 23h30. A produção investiga o movimento histórico e cultural que surgiu a partir do retorno de escravos, que foram libertados no Brasil do século XIX, e voltaram para seus países de origem, na África. O primeiro episódio exibe as origens desse impulso de regresso, além da entrega de mensagens de famílias baianas a seus parentes retornados à Nigéria.

 

“Serão apresentados Beatriz Rocha e Carlos Sowzer, baianos cujos ascendentes fizeram a viagem de retorno à África e deixaram família no Brasil. Os dois procuram manter contato com seus parentes na África até hoje. A série encontrará depois os primos nigerianos de cada um, atuando como ponto de encontro entre essas famílias separadas pelo Atlântico”, descreve a diretora Maria Pereira sobre o episódio de estreia da série. “Retornados” conta com oito episódios e é uma produção da Praga Conexões e da Jurubeba, com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual.

 

Na Quarta de Cinema, às 23h40, o episódio inédito da série exclusiva do Curta! “Grandes Cenas” traz o diretor Murilo Salles analisando a cena dos seios, de seu filme “Como Nascem os Anjos” (1997). A sequência gira em torno do deslumbramento da personagem Branquinha pela jovem americana Lindinha, discutindo ainda o complexo de inferioridade da menina da favela. “O roteiro descrevia que ela(Branquinha) ficava burilando os seios da menina, ficava beliscando, puxando, soltando. Ela fazia uma brincadeira danada”, relembra, aos risos, Murilo Salles. A cena foi muito questionada na época e gerou muita discussão inclusive para a escolha da atriz americana.

 

Ao longo do episódio, o cineasta percorre temas que foram retratados na produção: a desigualdade social e a invasão cultural que a TV a cabo iniciou no Brasil, entre outros. “O filme é todo construído em cima do desafio do que é verossímil e do que não é verossímil. Eu tentava fazer essa crônica do absurdo brasileiro”, diz Murilo Salles. Produzida pela Casa de Cinema de Porto Alegre, com direção de Ana Luiza Azevedo e Vicente Moreno, “Grandes Cenas” é produção exclusiva do Curta! com financiamento do Fundo Setorial do Audiovisual.

 

Ainda na Quarta de Cinema, às 20h, o tema da faixa “A Vida é Curta” da semana é ‘Montagem + experimental’. O curta premiado “Muro”, de Tião, foi rodado no sertão de Pernambuco e a produção venceu o prêmio Regard Neuf, da Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes de 2008.  Na sequência, o curta “Vertières I, II, III”, de Louise Botkay, exibe a revisita da cineasta ao Haiti, país onde morou quando criança. Ela apresenta três incursões fílmicas ao processo histórico, social e político haitiano. Encerrando, “Glauces, o Estudo de um Rosto”, de Joel Pizzini, é um ensaio poético-cinematográfico singular sobre Glauce Rocha (1933-1971), uma das maiores atrizes do cinema brasileiro.

 

O episódio inédito da série “Designers do Brasil”, na Terça das Artes, 27, às 23h30m, exibe o trabalho da designer Jacqueline Terpins, artista que tem o vidro e o cristal como parte de seu trabalho criativo, desde o começo de sua vida profissional, e são responsáveis pela sua trajetória de sucesso no mercado nacional. Qualquer que seja a técnica, Jacqueline explora como poucos as possibilidades que o vidro oferece, com sua transparência e sua propriedade de retração da luz. No programa dirigido por Adélia Borges e DJ Dolores, Luciana e Gerson revelam que uma criação inteligente, concilia a concisão com a capacidade de surpreender. “Designers do Brasil” é uma série produzida pela Loma Filmes em parceria com a Pacto Audiovisual, financiada pelo Fundo Setorial do Audiovisual (PRODAV 02/2013).

 

SEGUNDA DA MÚSICA

Continuação (Documentário)

A intimidade da criação do compositor brasileiro Lenine. As incertezas que a era dos downloads e do vinil trouxe para seu trabalho. A reunião de três gerações em torno de sua música. Um documentário sobre olhares, encontros, criação e tecnologia a serviço da paixão pela arte.

 

 

Diretora: Rodrigo Pinto

Duração: 71 min

Exibição: 24 de julho, segunda-feira, às 22h45.

Classificação: Livre.

Horários alternativos:

Dia 25 de julho, terça-feira, às 2h45 e às 16h45;

Dia 26 de julho, quarta-feira, às 10h45;

Dia 29 de julho, sábado, 22h45.

PROMO – Duração 1’: https://www.youtube.com/watch? v=w5LIxg01smk

FOTOS EM ALTA: http://www.agenciafebre.com. br/canal-curta-semana-de-24- 28-de-julho

 

 

TERÇA DAS ARTES

Designers do Brasil (Série)

A série Designers do Brasil é composta por dez documentários de 26 minutos, cada um dedicado a um designer brasileiro. A série tem produção da Loma Filmes e coprodução com o Pacto Audiovisual, direção de DJ Dolores e a direção de conteúdo de Adélia Borges. Realizada para o canal Curta!, tem como objetivo mostrar a multidisciplinaridade do design por meio de profissionais que estejam em atuação e se destaquem nas várias áreas da atividade. São eles: Antonio Bernardo, Fred Gelli, Guto Indio da Costa, Guto Requena, Heloisa Crocco, Jacqueline Terpins, Ovo (Gerson de Oliveira e Luciana Martins), Renato Imbroisi, Rico Lins e Ronaldo Fraga.

 

 

Episódio inédito – Jacqueline Terpins

Jacqueline Terpins (Campina Grande, PB, 1950) tem no calor a sua principal ferramenta de criação – seja em materiais como o corian, o aço e a madeira, seja em vidro, a sua faceta mais conhecida. Jacqueline explora como poucos as possibilidades que o vidro oferece, com sua transparência e sua propriedade de retração da luz. As formas que extrai do vidro soprado são fluidas, com curvas sinuosas e sensuais. No vidro plano, impera a simplicidade das linhas e a força do material. Qualquer que seja a técnica ou o material, sua linguagem é extremamente depurada. Ela despe o objeto ou o móvel de tudo o que possa ser dispensado. Jacqueline veio das artes plásticas e a elas retorna com frequência. 

 

 

Diretor: Dj Dolores e Adélia Borges

Duração: 26 min

Estreia: 25 de julho, terça-feira, às 23h30.

Classificação: Livre.

Horários alternativos:

Dia 26 de julho, quarta-feira, às 3h30 e às 17h30;

Dia 27 de julho, quinta-feira, 11h30;

Dia 29 de julho, sábado, 20h45.

PROMO – Duração 1’: https://www.youtube.com/watch? v=RFGt7m_0ZC8

FOTOS EM ALTA: http://www.agenciafebre.com. br/canal-curta-semana-de-24- 28-de-julho

 

 

QUARTA DE CINEMA

“A Vida é Curta!” apresenta uma coletânea de montagens experimentais.

A faixa “A Vida é Curta”, dessa semana apresenta produções experimentais. São eles: “Muro”“Vertières I, II, III” e“Glauces,o Estudo de um Rosto”. O premiado curta ”Muro” foi rodado no sertão de Pernambuco com atores não profissionais e ganhador do Prêmio Regard Neuf, da Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes de 2008.Em seguida, “Vertières I, II, III”, de Louise Botkay, exibe a revisita da cineasta Louise Botkay ao Haiti, país onde morou quando criança. Ela apresenta três incursões fílmicas ao processo histórico, social e político haitiano. E para finalizar, “Glauces, o Estudo de um Rosto”, de Joel Pizzini, é um ensaio poético-cinematográfico singular sobre Glauce Rocha (1933-1971), uma das maiores atrizes do cinema brasileiro.

 

 

Exibição: 26 de julho, quarta-feira, às 20h.

Classificação: Livre

Horários alternativos:

Dia 27 de julho, quinta-feira, às 00h e às 14h;

Dia 28 de junho, sexta-feira, às 8h;

Dia 29 de julho, sábado, às 14h.

PROMO – Duração 1’: https://www.youtube.com/ watch?v=Vgeh4Wnvfl4

FOTOS EM ALTA: http://www.agenciafebre.com. br/canal-curta-semana-de-24- 28-de-julho

 

 

Grandes Cenas (Série)

Uma grande cena é aquela que não se define apenas na relação com as demais. Uma grande cena é aquela que contém em si um filme à parte, um universo à parte, capaz de alterar nossa sensibilidade e perdurar na nossa memória. Com o objetivo de resgatar o apreço por essa unidade fundamental que é a cena, a série Grandes Cenas busca analisar cenas memoráveis do cinema brasileiro.

 

Episódio inédito – Como Nascem os Anjos

O diretor Murilo Salles percorre em detalhes a cena dos seios em Como Nascem os Anjos (1996), indo dos personagens à câmera, do conflito da cena aos grandes temas do filme: a desigualdade social e a invasão cultural que a TV a cabo iniciou no Brasil.

 

 

Diretores: Ana Luiza Azevedo e Vicente Moreno

Duração: 18 min

Estreia: 26 de julho, quarta-feira, às 23h40.

Classificação: Livre

Horários alternativos:

Dia 27 de julho, quinta-feira, às 3h40 e às 17h40;

Dia 28 de julho, sexta-feira, às 11h40;

Dia 29 de julho, sábado, às 21h15.

PROMO – Duração 1’: https://www.youtube.com/ watch?v=anjKniH9Tnw

FOTOS EM ALTA: http://www.agenciafebre.com. br/canal-curta-semana-de-24- 28-de-julho

 

QUINTA DO PENSAMENTO

No Caminho do Bem – episódio Sexo

A sexualidade humana é um assunto comumente abordado pelas mais diversas tradições religiosas. Este episódio de No Caminho do Bem questiona como diferentes religiões entendem o sexo.

 

 

Diretores: Bárbara Kahane e Belisario Franca

Duração: 52 min

Exibição: 27 de julho, quinta-feira, às 23h.

Classificação: Livre

Horários alternativos:

Dia 28 de julho, sexta-feira, às 3h30 e às 17h30;

Dia 29 de julho, sábado, às 20h15;

Dia 30 de julho, domingo, às 8h30.

PROMO – Duração 1’:  https://www.youtube.com/watch? v=vOVfsp7burI

FOTOS EM ALTA: http://www.agenciafebre.com. br/canal-curta-semana-de-24- 28-de-julho

 

 

SEXTA DA SOCIEDADE

Retornados (Série)

África, costa ocidental, século XIX: milhares de escravos africanos libertos regressam do Brasil às suas terras de origem. Com eles, o cozido, a burrinha, a língua portuguesa e outras brasilidades se espalham pela costa ocidental africana, dando origem ao grupo conhecido como retornados ou agudás. Na série Retornados, veremos como os descendentes desse grupo experimentam hoje, em Gana, Togo, Benin e Nigéria, as heranças culturais brasileiras. Conheceremos também a história de retornados que desempenharam papel importante na formação das sociedades brasileira e africana, e os laços ainda cultivados por famílias separadas pelo Atlântico.

 

Episódio inédito – Origens

No primeiro episódio da série, conheceremos as origens do fenômeno do retorno dos escravos libertos à África, e levaremos mensagens de famílias baianas a seus parentes retornados à Nigéria.

 

 

Diretores: Maria Pereira e Simplício Neto

Duração: 28 min

Estreia: 28 de julho, sexta-feira, às 23h30.

Classificação: Livre.

Horários alternativos:

Dia 29 de julho, sábado, às 3h35 e às 19h30;

Dia 30 de julho, domingo, 2h;

Dia 31 de julho, segunda-feira, 17h30.

PROMO – Duração 1’: https://www.youtube.com/watch? v=A-ywgB8OABI

FOTOS EM ALTA: http://www.agenciafebre.com. br/canal-curta-semana-de-24- 28-de-julho

Sobre o Curta!

Dedicado às artes, cultura e humanidades, o Curta! é um canal independente que acolhe a experimentação e se orgulha de ser um parceiro dos realizadores, artistas, criadores e produtores independentes. Com o compromisso de transmitir 12 horas por dia de programação nacional independente, os principais segmentos temáticos da programação são música, dança, teatro, artes visuais, meta-cinema, filosofia, literatura, história-política e sociedade.

O Curta! pode ser visto nos canais 56 da NET, 56 na Claro TV, 76 na Oi TV e como opcional à la carte na Vivo e GVT nos canais 664 (fibra), 132 (DTH – antiga GVT) e 552 (DTH – Vivo). Siga as redes do canal nos endereços: www.facebook.com/CanalCurtatwitter.com/CanalCurta e www.youtube.com/user/ canalcurta.

Saiba mais em http://www.canalcurta.tv.br.

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *