Mindfulness conquista escolas para melhorar desempenho de alunos e professores

Kampus Educação Bilíngue, em São Paulo, já usa a técnica que aguça a atenção, desenvolve consciência e promove empatia

 

Ilamb
A constante falta de concentração dos alunos e a dificuldade de professores em driblar esse cenário já são recorrentes há certo tempo. Com o objetivo de desenvolver a atenção no presente e proporcionar maior consciência sobre os arredores, o Instituto Latino Americano de Mindfulness e Bem Estar, ILAMB (www.ilamb.co), ministra um treinamento voltado a escolas, com base no programa Mindful Schools.
Marina Neumann, fundadora do ILAMB, define mindfulness como “um estado mental de atenção no momento presente”. Segundo pesquisa realizada em 2010 pela Universidade de Harvard, em quase 50% do tempo as pessoas estão de corpo presente, mas a mente está no passado ou no futuro. “A ideia do treinamento com alunos e professores é justamente trazer o foco para o agora, seja em uma atividade intelectual ou física”, explica a instrutora.
A primeira escola a adotar o treinamento de mindfulness promovido pelo ILAMB foi a Kampus Educação Bilíngue, instituição bilíngue de Educação Infantil, Fundamental I e II localizada na zona sul da capital paulista. O curso foi ministrado ao longo de quatro meses com encontros voltados, inicialmente, aos professores e, logo após, aos alunos em duas sessões semanais – com metodologias apropriadas para cada idade.
Os exercícios estão relacionados a respiração, consciência corporal, regulação emocional e diálogo. Uma das atividades praticadas com as crianças mais novas, por exemplo, foi levantar da cadeira repetidas vezes para se atentar aos músculos que trabalham para permitir os movimentos.
A professora Maria Cláudia Azevedo, que descobriu o mindfulness por meio de seus estudos em neurociência, destacou também uma prática que trabalha a empatia e escuta consciente. “Nós os reuníamos em duplas e um deles devia falar por dois minutos enquanto o amigo escutava, para analisarmos se realmente ouviam uns aos outros ou se apenas estavam pensando no que falariam em seguida ou interrompiam o colega no meio da fala”, lembra.
A fundadora e diretora da Kampus Educação Bilíngue, Fernanda Nyari, aponta que atenção e empatia são as características com maior índice de desenvolvimento por meio do curso. “Os alunos passaram a relatar, inclusive, algumas situações de conflito com os pais que foram amenizadas com o que aprenderam”, comenta.
A fundadora do Instituto relata que o intuito do mindfulness nas escolas é trabalhar o tripé professores, alunos e pais, criando mais consciência e calma para lidar com os conflitos, diminuindo os índices de estresse e ansiedade. Quantitativamente falando, os testes aplicados com os educadores após o curso, por exemplo, revelaram aumento de estado de atenção plena de até 50% na sala de aula em alguns casos.
Criado há um ano, o ILAMB oferece treinamentos de mindfulness voltados a escolas, empresas, prevenção de recaídas, pacientes com câncer e com foco em alimentação. Todos os cursos são detalhados no site do Instituto: www.ilamb.co.
Sobre o ILAMB
Instituto Latino Americano de Mindfullness e Bem Estar fundado em julho de 2016 pela engenheira eletrônica Marina Neumann. Imersa no mundo da tecnologia, ela descobriu a meditação por meio da prática de Yoga e, ao conhecer o mindfulness, abandonou os números. A empresa oferece treinamentos da técnica voltados a escolas, empresas, prevenção de recaídas, pacientes com câncer e com foco em alimentação. www.ilamb.co

 

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *