Instituto Ideia Fértil é premiado em Genebra por inovação em tratamentos de fertilidade

 Entrega ocorreu durante a 33ª Reunião Anual da European Society of Human Reproduction and Embryology

 

Ligado à disciplina de Saúde Sexual, Reprodutiva e Genética Populacional da Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), o Instituto Ideia Fértil de Saúde Reprodutiva conquistou o Prêmio GFI – Grant Fertility Innovation. A entrega ocorreu durante a 33ª Reunião Anual da European Society of Human Reproduction and Embryology (Sociedade Europeia de Reprodução Humana e Embriologia), a ESHRE, realizada em Genebra, na Suíça.

 

O prêmio internacional é entregue a instituições que incentivam pesquisas para inovação dos tratamentos de fertilidade. O troféu conquistado pelo Ideia Fértil reconhece a excelência de estudo sobre “Inovações no controle e individualização da estimulação ovariana durante o tratamento”, desenvolvido pelo médico Dr. Caio Parente Barbosa e pelas geneticistas Dra. Bianca Bianco e Dra. Denise Christofolini. “Foi o reconhecimento de um grande trabalho em equipe, que também envolve os diretores do Instituto, Dr. Emerson Cordts, Dra. Fabia Vilarino e Dr. Waldemar Carvalho”, acrescenta o professor titular da disciplina de Saúde Sexual, Reprodutiva e Genética Populacional da FMABC e presidente do Ideia Fértil, Dr. Caio Parente Barbosa.

 

PRESENTE DE ANIVERSÁRIO

Em junho de 2002, o recém-inaugurado Laboratório de Fertilização da Faculdade de Medicina do ABC comemorava a primeira gravidez a partir de óvulos fertilizados in vitro. De algumas poucas salas no Prédio Central, a iniciativa cresceu e, após 15 anos, tornou-se o serviço universitário com maior volume de procedimentos do país, com mais de 300 ciclos mensais de reprodução assistida, ações de responsabilidade social junto à pacientes com câncer e como referência nacional na atenção à casos especiais, como portadores de HIV e hepatites. Ao longo dos anos, cerca de 4.000 bebês já vieram ao mundo graças ao trabalho desenvolvido na FMABC.

 

A história do serviço ganhou capítulo especial em 2010, quando foi fundado o Instituto Ideia Fértil, que funciona em prédio próprio no campus universitário. São três andares em área construída de 2.000 m2 e funcionamento ininterrupto, sete dias por semana. O local responde por consultas, exames, inseminações artificiais e até mesmo procedimentos cirúrgicos. São, em média, 400 novas consultas todos os meses, com a missão de oferecer tratamentos de fertilidade a um custo acessível, que pode ser até 70% menor do que os valores cobrados por clínicas particulares.

 

“A conquista do Prêmio GFI na Suíça é fruto da parceria entre o Instituto Ideia Fértil e a Faculdade de Medicina do ABC. É nosso presente de aniversário de 15 anos, que marcou o ano de 2017 e que certamente ficará na memória de toda a equipe”, conclui o presidente.

 

Doutores Waldemar Carvalho, Caio Parente Barbosa e Emerson Cordts.

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *