Consórcio inaugura sede em Brasília e visa reforçar desenvolvimento do ABC

Cerimônia na capital federal marcou abertura oficial do novo escritório da entidade; sede também dará apoio às prefeituras da região na capital federal

 

O presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC e prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, e os chefes dos Executivos municipais da região inauguraram oficialmente nesta quarta-feira (28) a sede da entidade em Brasília. O evento foi prestigiado por deputados federais e estaduais, além de vereadores e secretários de todas as cidades do ABC, com destaque para as presenças do ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, e do suplente de senador José Aníbal.

O chanceler parabenizou os prefeitos do Grande ABC pela iniciativa de fortalecer a relação institucional dos sete municípios com a União. “O Ministério das Relações Exteriores está de portas abertas para atender às demandas da região. A união faz a força, e o mundo moderno exige que todos se unam para combater as desigualdades e dificuldades”, afirmou Aloysio Nunes.

Orlando Morando entende que a sede de Brasília vai ajudar em muito a resolução dos pleitos regionais e o desenvolvimento das sete cidades. “Tenho certeza que as nossas demandas terão um melhor retorno com a articulação dos prefeitos por meio do Consórcio”, destacou, colocando o escritório à disposição para dar suporte às prefeituras da região na capital federal. “O Grande ABC precisa se empoderar mais da política nacional. E neste sentido a sede de Brasília estará à disposição”, reforçou.

Além de destacar a atuação e o empenho do secretário executivo do Consórcio, Fabio Palacio, para a viabilização do escritório da entidade regional em Brasília, Morando ressaltou que a estrutura operacional da nova sede é enxuta. “Serão apenas dois funcionários técnicos, além de um motorista”, disse. Leonardo Queiroz Leite, doutor em Administração Pública e Governo, e Maurício Malcher, especialista em Direito Administrativo, serão responsáveis pelo trabalho da entidade na capital federal. Ambos já aturam como assessores parlamentares no Congresso.

Presença institucional em Brasília

O prefeito de São Caetano do Sul, José Auricchio Júnior, afirmou que a sede na capital federal vai facilitar a realização de projetos e a captação de recursos voltados para a região. “Quero parabenizar o prefeito Orlando Morando, que teve a coragem de pautar essa demanda regional. Quem já não teve que vir para Brasília e ficou andando de gabinete em gabinete para garantir o atendimento das demandas? A partir de agora, o Grande ABC passa a ter voz e representatividade em Brasília”, afirmou.

O chefe do Executivo de Santo André, Paulo Serra, considerou o novo escritório do Consórcio como um divisor de águas para as sete cidades. “Esta sede vai marcar definitivamente a presença do Grande ABC na capital federal e isso vai colaborar para que a região se livre de uma vez por todas do chamado complexo de gata borralheira, criado por formadores de opinião da nossa região”, disse.

Com maior proximidade das principais instâncias decisórias nacionais, as prefeituras vão reforçar o diálogo com a União, ressaltou gestor de Mauá, Atila Jacomussi. “Os municípios perdem recursos e prazos porque há afastamento de Brasília. Graças ao novo escritório vamos mudar esta realidade”.

O prefeito de Ribeirão Pires, Adler Teixeira (Kiko), apontou as vantagens da presença institucional das sete cidades em Brasília. “Temos alguns convênios travados nos ministérios do Turismo e das Cidades. Este novo espaço cria proximidade, trazendo frutos positivos para a região”.

Para o chefe do Executivo de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão, classificou o a estrutura como mais uma conquista inovadora da entidade para a região. “O Consórcio está em posição de vanguarda no país”, ressaltou.

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *